segunda-feira, abril 22, 2024

Jovem que matou e decepou mão da mãe tem prisão convertida em preventiva

A prisão em flagrante de José Natan dos Santos Carvalho, de 21 anos, foi convertida em preventiva após audiência de custódia realizada nesta segunda-feira (22). O rapaz é acusado de matar e decepar a mão da própria mãe, Sandra Maria dos Santos. O caso aconteceu no bairro de Valéria, em Salvador.
O suspeito participou de uma audiência de custódia na manhã desta segunda, quando foi decidido que, além da prisão preventiva, o jovem deverá ter acompanhamento psíquico.
"Na hipótese de conversão do auto de prisão em flagrante em prisão preventiva na audiência de custódia, a Rede de Atenção à Saúde (RAS) e a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) também deverão ser acionadas para suporte intramuros", declara o documento do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

O crime

José Natan é acusado de matar a própria mãe a golpes de faca e decepar uma das mãos dela para realizar saques bancários. O crime foi descoberto no sábado (20), mas a suspeita é de que a vítima tenha sido morta dias antes devido ao avançado estado de conposição em que foi encontrado.
Após matar a mãe, José Natan foi até a casa de uma prima pedir dinheiro emprestado, com a justificativa de que precisava fazer uma viagem. A familiar negou e quis saber sobre a mãe dele. Sem respostas, ela foi até à casa da tia. O mau cheiro que exalava da residência chamou a atenção da sobrinha, que acionou a polícia.

Apesar das acusações, José nega ter cometido o crime. "Não há provas de que eu matei a minha mãe, argumentei muito bem e eles disseram que eu ganharia liberdade", disse o suspeito em entrevista a repórteres que o esperava em frente à Vara de Audiência de Custódia da Comarca de Salvador.
Bnews 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pedreiro morre ao cair de estrutura de seis metros em Feira de Santana

Um homem morreu, neste sábado (18), após cair de uma altura de cerca de seis metros, enquanto realizava um serviço de pedreiro e...